TAMANHO DA FONTE:  A+  A   A-

11/08/2017 - 13:56

REPRESENTANTES DE ESCOLAS DE GOVERNO CONHECEM O “CAPACIDADES” DO TCM

Banner Rede Escolas

Nesta sexta-feira, 11, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), apresentou o programa Capacidades durante evento organizado pela Rede Estadual de Escolas de Governo do Ceará.

O Seminário “Desenvolvimento e Competências do Servidor Público: Práticas inovadoras e exitosas das Escolas de Governo” aconteceu, na Academia de Segurança Pública do Ceará – AESP, de 8h30 a 12h30.

O responsável pela criação e desenvolvimento do programa do TCM é o Instituto Escola Superior de Contas e Gestão Pública Waldemar Alcântara (Ieswa), que responde pela agenda pedagógica e interação institucional do órgão com outras instituições de ensino.

A apresentação foi realizada pela coordenadora técnica do Ieswa, Patrícia Nogueira. O Instituto está na vice-coordenadoria da referida Rede.

O evento possibilitou a troca de experiências entre os participantes além de fomentar o diálogo e compartilhamento de conhecimentos para o aperfeiçoamento profissional.

Na programação do encontro a abertura foi realizada pela coordenadora-geral da Rede, Hilária Barreto, e pelo diretor da AESP, coronel Juarez Nunes.

Durante o encontro os presentes conferiram a palestra “As competências do servidor no mundo contemporâneo”, com a auditora Dulce Silveira, da Secretaria da Fazenda (Sefaz).

SOBRE O PROGRAMA CAPACIDADES

O Capacidades surgiu em 2015 realizando, por meio de encontros regionais no Interior, capacitações presenciais para qualificação das gestões municipais, atividade já realizada pelo TCM em anos anteriores por meio de programas similares do órgão. Seu grande diferencial reside na missão preventiva, através da difusão de conhecimento para gestores, servidores municipais e população.

O programa visa promover a capacitação dos gestores e servidores públicos municipais dos Poderes Executivo e Legislativo focando em áreas essenciais na condução da administração pública.

Em seu ano de lançamento, abordou como tema central a questão da transição de governo, um ano antes das eleições, ocorridas em 2016, possibilitando que os administradores públicos pudessem ter acesso a práticas adequadas para suas gestões.

Outro aspecto de inovação do programa foi a preocupação em sensibilizar a sociedade em geral e estudantes sobre temas da administração pública, fortalecendo o controle social, gerando parceiros e transmitindo a essência cidadã aos moradores para que possam acompanhar de perto as gestões públicas e as políticas voltadas para a comunidade.

A iniciativa conta ainda com ações como a Gincana do Conhecimento e palestras sobre controle social para instituições dos diversos níveis de ensino.

Somente em 2015 foram mais de 19 mil participantes. Em 2016 mesmo ocorrendo somente até meados do ano, devido às eleições, o Capacidades alcançou os 184 municípios do Ceará.

A cada ano o Capacidades passa por renovações. Este ano a metodologia usada contou com estrutura modular, com componentes presenciais e a distância.

O programa conta com uma carga horária total de 256 horas-aula; módulo presencial com uma carga horária de 16h/a e módulo a distância, com 12 cursos de 240h/a no total.